Get Adobe Flash player

Heinz Kühn

Heinz KühnNascido em 18.02.1912 em Colônia
Falecido em 12.03.1992 em Colônia

Com 18 anos de idade, Heinz Kuhn ingressa no partido SPD. Durante o período do Nacional-Socialismo, deixa a Alemanha e trabalha como jornalista. Em 1946 regressa ao seu país e de 1946 a 1950 exerce a função de editor no jornal Rheinische Zeitung.


A carreira política de Heinz Kuhn passou por diferentes estágios: em 1948 ingressa no Parlamento estadual do estado da Renânia do Norte-Vestfália e de 1953 a 1963 integra o Parlamento federal. Em 1960 é escolhido vice-líder do partido no parlamento e dois anos mais tarde, líder do SPD. De 1973 a 1975 é, novamente, vice-líder do partido.

Heinz Kühn é eleito governador do estado da Renânia do Norte-Vestfália em 1966 e fica no posto até 1978. Devido às suas qualidades de liderança e eloquência, o politico elevou o SPD à categoria de mais importante partido do estado. Entre os principais objetivos estavam as reformas administrativas e no sistema de ensino, além da reestruturação e melhorias na região do Ruhr (região conhecida pela extração de carvão e indústria de transformação de aço).

A coalizão social-liberal – SPD e FDP, conhecida como Düsseldorfer Modell, que governou o estado da Renânia do Norte-Vestfália foi, mais tarde, exemplo de modelo para a administração federal. Mesmo aos 66 anos de idade, Heinz Kühn ainda participava da vida política do país. Entre 1978 e 1980 assumiu a função de Alto Comissário para Assuntos Estrangeiros do governo alemão. Neste ínterim, foi eleito para assumir uma cadeira no Parlamento Europeu.



O livro “Heinz Kühn 1912 – 1992 – Uma Biografia Política”, de Dieter Düding, editado pela Klartext-Verlag Essen, apresenta a história completa da vida do político.